Quem somos

Todos sabemos que quem está nos bastidores é quem faz a magia, mas infelizmente, é também quem raramente tem destaque. Neste caso falamos por detrás da câmara, e estou aqui porque há mesmo duas pessoas que precisam de conhecer. E se já conhecem, podem ficar a conhecer um bocadinho melhor.

O meu nome é Raquel e sou a única que não faz parte da alcateia. Conheço a família Lobo há mais de 10 anos e vi-a crescer. Crescer em termos de personalidade, ambição, carácter e sonhos. E há sonhos que se tornam mesmo realidade, como o caso da Everlight. O nome significa luz contínua e é esse o legado que a Sandra e a Raquel Lobo, mãe e filha, querem deixar no mundo.  Um toque de luz para aquecer os corações de todos, e que simboliza as nossas vidas até às próximas gerações. Porque a luz, dessa forma, nunca se extingue.

Uma verdadeira representação daquilo que as move: a família.

A Sandra Lobo é uma autêntica mãe-lobo que retrata as palavras no seu melhor: empreendedora, gestora, protetora, criativa e uma fonte de amor incondicional. Até por aqueles que não lhes pertence. E é exatamente isso que a faz ser tão boa profissional neste ramo. Mãe de 4 filhos, a dedicação à educação e a tudo o que envolve maternidade torna-a uma base sólida na Everlight. Com conhecimento suficiente para tornar a experiência fenomenal e com ainda mais vontade de aprender e ensinar os outros.

O mais interessante é que como pessoa que faz questão de não esconder o seu verdadeiro eu, raramente encontram a Sandra vestida de branco. T-shirts pretas com frases metaleiras, de séries ou filmes de terror são o que a caracteriza melhor. Adora tudo o que tenha a ver com arte e isso inspira-a a criar.

Quando entretanto a filha Raquel se juntou ao projeto, influenciada pela mãe, claro (!), abdicou da câmara que tinha segurado em punho até então, para se dedicar à parte criativa dos cenários, de adereços e tudo o que pudesse tornar o trabalho produzido na Everlight em algo único e inesquecível. É também a Sandra que não resiste aos bebés e que está encarregue de todo o manuseamento do recém-nascido para as posições engraçadas e cheias de fofura que se vêem espalhas por aí, e que são, digamos, irresistíveis certo?

A segurança

Esta é uma parte muito importante que gostaria de frisar. Nem sempre o que parece fácil é. Visto que estamos a lidar com recém-nascidos, frágeis e ainda em adaptação ao mundo exterior, a segurança é o ponto mais fulcral de todo o trabalho que a Sandra e a Raquel fazem na Everlight, e claro, algo de que se orgulham muito também. Todos os procedimentos para poses, conforto e segurança do bebé foram estudados ao pormenor durante vários anos e aperfeiçoados com a experiência.



A relação e o profissionalismo entre ambas é o que faz desta a equipa maravilha. Não fosse a Raquel ter apanhado o bichinho da fotografia e ter-se rendido a este mundo, todo o trabalho feito até agora não era possível. Pois em tudo o que toca, desde o primeiro flash da foto à entrega dos álbuns, coloca um pouco do seu coração, e claro, muito bom gosto e qualidade.

Podem encontrá-la a maior parte do tempo a editar fotografias, muitas vezes na companhia dos seus melhores amigos de quatro patas. Viciada em tudo o que considerem “geek” e ficção, tem o sonho de casar descalça e comer porco no espeto no copo de água.

Se lhe perguntarem, ela diria que gostava de ser médica porque sempre quis de alguma forma ajudar as outras pessoas. No entanto, encontrou neste projeto um propósito especial, que não só faz dela a pessoa que ajuda, como a que coloca um sorriso na cara de todos os que têm a oportunidade de a conhecer e ao seu trabalho.

Há muito pouco tempo adotou o “Jonas”. O membro mais calmo da equipa e claro, o que sofre de mais bullying. Criado por fotógrafos profissionais com o propósito de servir de exemplo para treinar as poses dos recém-nascidos, o “Jonas” é o ajudante nr.1 das formações na Everlight e nunca faz birra. O que é uma pena claro, porque gostamos de formar toda a gente com uma boa noção da realidade. Por enquanto tem feito as maravilhas de todos e já se apegou bastante à Raquel. Ou terá sido o contrário?

 

 

 

 

 

O espaço

Outro motivo de orgulho neste projeto é o facto de que tudo o que vêem quando entram na Everlight ter sido exclusivamente pensado, e a maior parte até construída, pela família Lobo. Desde o chão e paredes às grandes molduras com dezenas de fotografias vintage, que Sandra adora e colecciona de feiras de velharias. Pessoas estranhas que nunca conheceu mas que faz gosto em emoldurar.

Tudo isto faz da Everlight não só um sítio onde se registam momentos, mas especialmente um espaço de partilha de conhecimento, sentimentos e memórias. A aposta nas formações e workshops de maternidade e recém-nascidos é algo que caracteriza este projeto ao qual a Sandra e a Raquel se dedicam tanto, e que está a ser desenvolvido constantemente com os melhores profissionais de saúde.

Há pouco tempo a equipa estreou-se nas formações de fotografia de recém-nascido, pois acreditam também que não há coisa como a concorrência quando se cria de forma personalizada. Segundo Sandra Lobo “Como seres individuais vamos sempre fazê-lo de forma diferente e por isso mesmo acrescentar o nosso toque especial”.

Mais novidades estão para vir e espero que gostem de nos ler e acompanhar neste processo que é o crescimento, e a vida.

Esperamos ver-vos em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *